200 alunos da Udacity participam de rodada de entrevistas com empresas

Christopher Watkins
2 de jan de 2018

Em um único evento, reunimos mais de 200 alunos da Udacity e renomados parceiros de contratação. Representantes das maiores empresas de tecnologia participaram de uma noite de networking e entrevistas com nossos estudantes, interessados em conhecer mais sobre o perfil dessas organizações e buscar novas oportunidades de carreira.

Amazon, BMW, Bosch, Continental, Didi Chuxing, IBM Watson, Google, JD.com, Lyft, Mercedes-Benz, NVIDIA, Uber ATG, Volkswagen e Voyage estavam entre as presentes, ansiosas para conversar com os presentes e encontrar profissionais para seus respectivos times.

Dilys, que estava interessada em se aproximar do Google, começou a aprender a programar há cinco anos. Nesta noite, teve a oportunidade de participar de uma entrevista com a empresa — e descreveu a experiência como surreal. Ela já vinha lendo os anúncios de vagas no Google há alguns meses, mas havia se desanimado. "Eu não tenho nenhuma dessas qualificações", pensava. Após a entrevista, mudou de ideia: "Acho que isso pode dar certo. Acredito que posso fazer isso".

Conectar a aprendizagem aos empregos é uma missão primária para todos na Udacity e, ao constatar o fluxo de participantes nesse evento dos parceiros de contratação, o efeito é impressionante. Aliás, era fácil identificar os funcionários da Udacity entre a multidão — bastava observar as pessoas com os maiores sorrisos.

Os alunos e alunas, por sua vez, estavam concentrados: alguns tinham mochilas, outros seguravam bolsas, mas todos carregavam currículos, pastas com informações relevantes sobre si mesmos, seus estudos e seus objetivos.

Alguns estavam ali para fazer networking e se conectar com as empresas participantes. Outros já tinham entrevistas agendadas, que seriam conduzidas durante o evento. Muitos dos estudantes se encontraram pessoalmente pela primeira vez, inclusive. Depois de horas, semanas e meses compartilhando histórias, apoiando-se, revendo e criticando o trabalho um do outro no Slack e em fóruns, finalmente eles puderam associar os nomes às pessoas.

O CMO da Udacity, Shernaz Daver, estava bastante atarefado durante o evento, dividindo-se entre fazer contato com os parceiros, conversar com os alunos e tirar fotos para eternizar esse momento único. Um graduado o abordou para elogiar o encontro: "Sabe, nós vemos esses nomes de empresas online, listadas como parceiros de contratação, mas não sabíamos se isso era verdade. Mas, quando os encontramos fisicamente aqui, sabemos que é real — esta é uma nova maneira de fazer as coisas".

Uma pequena movimentação tomou conta do evento, justificada pela chegada de Charlie — se você ainda não o conhece, pode ler sobre ele aqui. E, sim, o fundador da Udacity Sebastian Thrun veio com ele.

Nazanin foi uma das alunas que participou do primeiro curso de Inteligência Artificial online de Sebastian por Stanford. Ela assistiu a tudo, do começo ao fim, diretamente do Irã. Nazanin é graduada nos programas Nanodegree Desenvolvedor Front-End e Engenheiro de Machine Learning. Atualmente, está matriculada no programa Nanodegree Engenheiro de Carro Autônomo. Seu objetivo durante o evento era se encontrar com potenciais empregadores e, no mês seguinte, participaria como palestrante de destaque no Einstein AI, Deep Learning & SuperIntelligence Summit 2017. "Nada disto teria sido possível sem a Udacity."

O evento foi realizado em um lindo pátio exterior do Museu de História de Los Altos. Encantadoras lâmpadas amarelas foram colocadas acima da passarela de paralelepípedos que separava as filas de mesas onde nossos parceiros de contratação puderem se reunir com nossos alunos. Mesmo com a proximidade do final do evento, as entrevistas estavam longe de cessar.

Steve foi um dos 25 participantes do "Desafio de Planejamento de Rotas Udacity-Bosch" que conseguiu uma entrevista com a Bosch. Conversava sobre sua experiência em dispositivos móveis e a respeito da lei norte-americana sobre condução autônoma, a SELF DRIVE Act, quando foi conduzido à mesa da BMW. Representando a empresa, na função de engenheiro de tecnologia avançada, estava George Sung — um graduado da Udacity que conseguiu o emprego enquanto ainda era aluno no programa Nanodegree Engenheiro de Carro Autônomo!

Nas mesas dos demais parceiros de contratação, os números relatados eram surpreendentes. Somente em uma das empresas, foram realizadas 27 entrevistas durante o evento, com 16 acompanhamentos confirmados e já planejados. Outro parceiro teve a oportunidade de concluir 12 entrevistas, além de 11 acompanhamentos planejados.

Andreas, um recém-formado da Alemanha no programa Nanodegree Machine Learning, estava bastante empolgado com o que via: "O currículo é incrível, mas o que realmente me impressiona na Udacity é o espírito confiante e criativo frente aos desafios".

Ao olhar para os mais de 200 alunos em atendimento, uma nova certeza pairava no ar: possivelmente, dali, surgiriam muito em breve outras 200 novas histórias inspiradoras de casos de sucesso profissional.

Este texto foi originalmente publicado no blog da Udacity americana, em 27 de setembro de 2017.