17 de out de 2018

O que faz um consultor de marketing digital?

Udacity Brasil

Você está no Instagram, passando pelo feed sem nem pensar muito no que está vendo, quando de repente aparece por lá uma peça de roupa maravilhosa. Você clica no link, vai para a loja, vê o preço e decide que vale a pena. Alguns dias depois, a roupa chega pelo correio. Tudo isso graças a uma publicidade online bem colocada.

Quando vemos uma propaganda nas redes sociais ou em ferramentas de busca, a experiência pode não ser digna de reflexão, mas as ações por trás delas são mais numerosas do que nos damos conta.

Por trás de vendas como a descrita acima, há toda essa cadeia de valor. No meio dela, muitas vezes, há um consultor de marketing digital que ajuda cada conteúdo a chegar ao seu público. Pode parecer desafiador organizar assuntos dessa maneira no labirinto infinito da internet. Mas com as ferramentas certas, consultores de marketing digital conseguem atender clientes de diversos tamanhos e segmentos.

E como se trata de uma área nova, mostrar o verdadeiro valor do marketing digital pode ser inclusive parte do trabalho desses consultores. A seguir, saiba mais sobre essa profissão.

Assista ao webinar: Conheça as áreas do marketing digital

Consultor de marketing digital: um trabalho flexível

Para Luciane Ballock, que trabalha como consultora autônoma de marketing digital e estratégias de diferenciação, o trabalho veio junto com a maternidade. “Durante a primeira gravidez eu comecei a estudar bastante sobre e-commerce e marketing, pois pretendia abrir uma loja virtual. A loja não se concretizou, mas eu me apaixonei pelas possibilidades do marketing digital e mergulhei nesse mundo”, conta.

Inicialmente, ela começou fazendo gestão de contas de redes sociais, mas passou a fazer consultoria de marketing digital para otimizar o próprio tempo. Atualmente com dois filhos pequenos, ela trabalha de casa ou de espaços como bibliotecas, cafés e co-workings oferecendo consultoria para empresas de pequeno porte.

Por sua vez, Manuela Sanches, fundadora e diretora da agência de marketing digital Enlink, começou a trabalhar nessa área ainda enquanto estudava comunicação social. “Me apaixonei principalmente por poder acompanhar de perto os resultados do trabalho”, conta.

Essa paixão a levou a fundar sua própria agência aos 23 anos, em 2009. Assim como Luciane, Manuela também vê na flexibilidade que esse tipo de trabalho proporciona um fator muito positivo. “Amo empreender na área, tanto pelo constante aprendizado, quanto pela flexibilidade de poder trabalhar em qualquer canto do mundo.”

Leia também: Mudança de carreira para a área de marketing: afinal, o que é preciso fazer?

Como é uma consultoria de marketing digital?

Luciane conta que os clientes a abordam buscando “mais visibilidade para seu negócio e a conquista de novos seguidores qualificados”. “Seguidores qualificados” são aqueles que não apenas acompanham a marca ou empresa nas redes, como também têm uma probabilidade maior de se tornarem seus clientes.

Manuela conta um pouco mais dos detalhes: “Desenvolvo atividades de Consultoria de SEO [Search Engine Optimization, ou otimização para ferramentas de buscas] e CRO [Conversion Rate Optimization, ou otimização da taxa de conversões], dou sugestões para equipe sobre atividades de link building, gestão de redes sociais e redação de conteúdo”.

A parte de SEO envolve tornar os sites mais fáceis de encontrar por mecanismos de busca como o Google – o que, naturalmente, traz mais pessoas para o site.

A parte de CRO, por outro lado, se relaciona ao que Luciane mencionou sobre os “seguidores qualificados”. Otimizar a taxa de conversão significa, de forma geral, fazer com que uma porcentagem maior das pessoas que acessam o site de uma empresa efetuem compras com ela.

São serviços que são importantes para empresas de todo tipo. Segundo Manuela, “um trabalho bem executado de marketing digital pode ajudar tanto uma empresa que está entrando no mercado a conquistar seu nicho quanto um negócio consolidado a expandir seu alcance. E todos os segmentos podem se beneficiar – de negócios virtuais a físicos, B2C ou B2B, de pequeno a grande porte”.

Trata-se, portanto, de um serviço com bastante mercado. De fato, o mercado crescente – e diverso – é um dos pontos positivos que ela aponta. “A demanda pelo trabalho é crescente, tanto para agências quanto para colaboradores em empresas ou profissionais autônomos; e o meio digital é muito democrático, então é possível chegar longe mesmo contando com verba limitada”, conta.

Leia também: Como atingir os melhores clientes com o planejador de palavras-chave do Google?

Desafios de um consultor de marketing digital

Se as as novidades e possibilidade de impacto são pontos positivos, por outro lado, o próprio fato de se tratar de um serviço relativamente novo e ainda pouco conhecido (especialmente por empresas menores) acaba gerando desafios.

Para Luciane, “fazer o cliente entender a importância da consultoria para o seu negócio e fazê-lo entender que o marketing digital vai muito além de posts legais nas redes sociais” é um dos motivos de maior atrito no cotidiano.

Isso porque, além dos resultados mensuráveis, um bom marketing digital também traz outras vantagens mais difíceis de mensurar, como confiança na marca.

Manuela concorda que “gerenciar as expectativas dos clientes” é um dos principais desafios do trabalho de um consultor de marketing digital. Sua agência se dedica principalmente a melhorar os resultados orgânicos de busca no Google, e os frutos dessa dedicação vem no médio prazo – “de três a seis meses”, segundo ela. É importante que o cliente tenha isso em mente também.

Outro ponto que é ao mesmo tempo positivo e negativo é o ritmo acelerado da área. Para Manuela, “lidar com as constantes mudanças dos algoritmos do Google e das redes sociais” demanda que um profissional de marketing digital seja (ou aprenda a ser) “dinâmico e resiliente”.

Luciane concorda, e ressalta que o próprio comportamento dos consumidores também muda, gerando mais um fator que precisa ser constantemente acompanhado.

Dicas para quem quer se tornar consultor de marketing digital

A primeira recomendação da dupla para quem quer entrar na área é estudar marketing digital. “Comece o quanto antes. Consuma todo o material disponível na internet: cursos, workshops, webinars, gratuitos e pagos. Faça do YouTube o seu Netflix diário”, recomenda Luciane.

Manuela sugere também que quem se interessa por marketing digital “faça muitos testes com seus próprios sites, blogs ou perfis”. Isso, segundo ela, pode “trazer experiência e ajudar a enxergar as pequenas oportunidades, que podem fazer toda a diferença”.

Ela também recomenda o método que usou para divulgar o próprio negócio, que é um passo adiante nessa estratégia: focar em uma tática de marketing digital específica e tornar-se referência nela. “Atualize seu blog, faça vídeos para o YouTube ou ofereça palestras em universidades e eventos”, exemplifica.

As duas também ressaltam a importância de um bom networking para o trabalho de consultoria. “Se conecte com pessoas da área para compartilhar experiências, fazer e receber indicações e parcerias”, recomenda Manuela. “Vá a congressos, palestras, meetups de marketing, e-commerce, tecnologia. Siga todos da área nas redes sociais”, adiciona Luciane.

Se você é novato em marketing digital ou nos mecanismos de uma consultoria, pode parecer intimidante dar os primeiros passos. Mas, assim como os esforços de SEO, investimentos de carreira levam algum tempo para dar resultado – se forem planejados, no entanto, é muito provável que prosperem.

Quem já passou por isso afirma que ser iniciante na área não tem problema: o importante é fazer o possível com o que se tem. “Comece como puder com o você tem agora e se aprimore sempre”, conclui Luciane.

Saiba mais:

Sobre o autor
Udacity Brasil

A Udacity, conhecida como a "Universidade do Vale do Silício", é uma plataforma online e global que conecta educação e mercado para ensinar as habilidades do futuro – de data science e marketing digital à inteligência artificial e desenvolvimento. Hoje, há mais de 7 mil alunos ativos no país e 50 mil pelo mundo.