25 de set de 2018

LinkedIn divulga habilidades de TI em alta e dá dicas para melhorar seu perfil

Udacity Brasil

Globalmente, há mais de 500 milhões de pessoas no LinkedIn. Dessas, mais de 30 milhões são brasileiras – e isso inclui recrutadores e empregadores de todo tipo e porte em busca de novos talentos. Por isso, dar atenção ao seu perfil na rede deve ser visto como tempo bem gasto.

Isso é válido para qualquer tipo de profissional, mas algo ainda mais evidente se você estiver atuando (ou quiser atuar) no mercado de tecnologia. Afinal, das 25 hard skills globais mais buscadas em 2018, 17 eram diretamente relacionadas à programação.

Especificamente no Brasil, as 8 habilidades mais procuradas, entre soft e hard skills, são as seguintes:

  • Sistemas operacionais (Operating Systems)
  • SQL
  • ITIL
  • Liderança de equipes (Team Leadership)
  • Microsoft SQL Server
  • Windows
  • Java
  • Linux

E há ainda as habilidades emergentes que merecem destaque, diz Luciana Nardi, gerente sênior de marketing para soluções de talento da empresa. Entre elas: JavaScript, Scrum, desenvolvimento de software, C#, jQuery, databases, PostgreSQL e HTML5.

Curso da Udacity ensina como aprimorar seu currículo

Como melhorar seu perfil no LinkedIn?

E não basta dominar as habilidades citadas: é preciso também mostrar ao mundo que você tem essa capacidade. "O LinkedIn é uma fonte de busca profissional e quanto mais assertivo e completo o seu perfil estiver, maiores as possibilidades de ser encontrado", avisa Luciana.

Para tanto, ela sugere adicionar os certificados que você tiver (incluindo de cursos online) por nome, período e habilidades aprendidas. "Estas habilidades são palavras-chaves pesquisadas pelos profissionais de recursos humanos e aumentam as chances dos candidatos de serem encontrados", continua. "Por exemplo: por no perfil que você é apenas desenvolvedor reduz as chances de ser encontrado em relação a quem escreve 'desenvolvedor Java e programador web'."

E visto que é comum muitos dos termos e keywords serem tratados em inglês no dia a dia, ter um perfil pronto e atualizado nessa linguagem também é uma boa ideia.

7 dicas práticas para aprimorar seu perfil

  • Tenha uma foto de perfil (e tome cuidado para que ela pareça profissional e coerente): "um perfil com foto é 21 vezes mais visualizado e recebe 9 vezes mais pedidos de conexão", fala Luciana
  • Mantenha seu cargo atualizado: isso acarreta 8 vezes mais visualizações de seu perfil
  • Inclua e atualize suas instituições de ensino: isso pode trazer até 17 vezes mais mensagens de recrutadores
  • Coloque sua localização e aumenta em 23 vezes a chance de ter seu perfil encontrado
  • Não esqueça do resumo: escreva até 3 parágrafos destacando suas conquistas e habilidades. Esforce-se, visto que essa é a primeira coisa que recrutadores olham
  • Conecte-se com quem você (de fato) conhece: inicie sua rede de contatos com amigos, família, colegas, professores e mentores. "Eles podem gostar do seu perfil e indicá-lo para empresas", fala Luciana
  • Mostre suas conquistas: ganhou uma boa nota no trabalho de conclusão de curso, um prêmio ou alguma outra métrica de destaque em um projeto seu? Adicione essas informações ao seu perfil!

Vá além:

Sobre o autor
Udacity Brasil

A Udacity, conhecida como a "Universidade do Vale do Silício", é uma plataforma online e global que conecta educação e mercado para ensinar as habilidades do futuro – de data science e marketing digital à inteligência artificial e desenvolvimento. Hoje, há mais de 7 mil alunos ativos no país e 50 mil pelo mundo.