LinkedIn elege Udacity como uma das empresas mais disruptivas do mundo

Christopher Watkins
8 de nov de 2017

Há muitas métricas para o sucesso. Na Udacity, priorizamos os alunos acima de qualquer coisa. O desenvolvimento deles representa o nosso desenvolvimento.

Mas existem outras métricas de sucesso muito representativas. Termos parceiros como as gigantes Google, Amazon, IBM ou NVIDIA representa um poderoso endosso aos nossos esforços. E, quando uma publicação como a MIT Technology Review menciona que somos uma das 50 “empresas mais inteligentes” do mundo, temos a certeza de que nosso trabalho está atingindo corações e mentes.

Em última instância, mesmo esses exemplos acabam voltando à atenção destinada a nossos alunos. E é assim que deve ser.

Agora, recebemos um reconhecimento um pouco diferente e, por um momento, podemos parar, refletir e sentir um certo orgulho por sabermos que nossa empresa é um ótimo local para trabalhar, bem como para aprender. O LinkedIn nos incluiu na lista LinkedIn Top Companies | Startups de 2017! Segundo eles:

“Queríamos entender quais são as startups que estão ditando as regras do mercado. Quem são as 50 novatas mais representativas do mercado americano atualmente.”

É um orgulho estarmos entre as 20 melhores. Não apenas pelo reconhecimento, mas também pela possibilidade de continuarmos inspirando e captando talentos para a Udacity. É assim que continuaremos sendo provedores das melhores oportunidades de aprendizado de todo o mundo.

E mais uma vez: tudo remete à importância dos nossos alunos. E é exatamente assim que deve ser!

Obrigado à equipe do LinkedIn por esse reconhecimento. Obrigado aos que optaram por trabalhar conosco, oferecendo todo seu talento em nome da Udacity, e obrigado, sobretudo, a nossos alunos pelo voto de confiança.

Este texto foi originalmente publicado no blog da Udacity americana, em 1 de novembro de 2017.