Entenda o que é e baixe um modelo canvas para criar seu business model

Udacity Brasil
25 de abr de 2018

O modelo canvas, ou business model canvas, é uma ferramenta extremamente eficaz que pode ser usada por empreendedores – e não só de startups! – para responder perguntas sobre seu modelo de negócios.

Trata-se de uma representação visual de modelos de negócios novos ou que já estão em progresso que fornece uma visão holística e é especialmente útil para analisar e comparar o impacto que um aumento no investimento pode ter sobre os mais diversos setores da empresa.

Uma das vantagens dessa ferramenta é oferecer às pessoas uma linguagem comum através da qual elas podem avaliar processos tradicionais e encontrar espaço para inovar.

A ideia é ter um quadro em branco (canvas, em inglês) dividido em seções que garantem que o empreendedor tenha considerado todos os fatores importantes para determinar um modelo de negócios apropriado.

O canvas então serve como um guia que pode ser empregado para registrar e colocar ideias em ação dentro do âmbito empresarial – e você pode aprender a fazer um facilmente.

O que você vai aprender neste artigo:

O que é e para que serve o modelo canvas

O business model canvas, ou canvas do modelo de projetos, tem nove blocos de construção, que são apresentados em maior profundidade mais adiante. Manter esta estrutura em mente ajuda empreendedores a se concentrarem nos elementos estratégicos que mais importam e têm maior impacto no crescimento e aperfeiçoamento:

  1. Segmento de clientes
  • Proposta de valor
  • Canais
  • Relacionamento com clientes
  • Fontes de receitas
  • Atividade-chave
  • Recursos principais
  • Parcerias principais
  • Estrutura de custos

Outra vantagem que o modelo canvas oferece é a facilidade para fazer alterações, especialmente importante para startups que estão no começo da empreitada – num plano de negócios tradicional, uma pequena mudança já confere bastante trabalho.

A melhor maneira de utilizar o modelo canvas é com uma grande folha de papel com notas post-it: quando você cola as notas no quadro, fica bem mais simples movê-las livremente, o que ajuda a ter um melhor panorama geral.

Como pode ser feito com uma folha de papel e por ser dividido em apenas nove blocos, é bem mais rápido fazer o business model canvas do que um plano de negócios tradicional de uma centena de páginas.

Esse fator “força” a equipe a trabalhar com consistência e concisão, o que é de enorme serventia para as companhias. De certa maneira, o método canvas obriga você a pensar em seus negócios de maneira mais sistemática e formal.

Acima, vídeo do Sebrae ensina como fazer um canvas do modelo de negócios, ou business model canvas

Como estruturar um canvas

O modelo canvas deve ser estruturado de acordo com nove quadros e cada um fornece respostas para certas perguntas sobre o negócio. Veja abaixo quais são os segmentos e os principais questionamentos que devem ser respondidos e aprenda como estruturar um canvas:

Segmento de clientes

As principais perguntas aqui são: “Quem são os seus clientes?”, “O que eles pensam, sentem, enxergam ou fazem?”. As respostas permitem que você descubra se o seu negócio foca em um ou mais segmentos do mercado e oferecem informações valiosas sobre o consumidor.

Proposta de valor

Aqui o foco é o valor fornecido para cada segmento do negócio. As perguntas que deve sem respospondidas são: “Qual é o valor entregue ao consumidor? Qual problema do consumidor é resolvido pelo produto? Como satisfazemos nossos consumidores?”. É importante para estabelecer a prioridade dos princípios da empresa.

Canais

Onde e como os seus produtos serão e vendidos e divulgados? Por que escolher esses canais? Eles são eficientes? Tão importante quanto ter um produto de qualidade é saber onde e como vendê-lo.

Relacionamento com clientes

Esta é a hora de determinar como será a comunicação com o cliente durante e depois da venda do produto. Como a companhia interage com seus clientes? Como a companhia lida com a relação entre o produto ou serviço e o consumidor? Qual é a melhor forma de comunicar os nossos valores?

Leia: Para CEO do Slack, todas as empresas serão de tecnologia no futuro

Fontes de receita

Como a receita do negócio será obtida? O método está de acordo com os valores da empresa? Os canais de venda escolhidos são capazes de corresponder à expectativa da receita?

Atividades-chave

Quais são as atividades necessárias para que a proposta de valor da empresa seja entregue, os produtos sejam distribuídos, a receita seja obtida e uma relação com o cliente seja construída? Esta seção inclui trabalhar com parceiros, melhorar o produto e coletar feedback dos consumidores, entre outras ações.

Recursos principais

E quais são os principais recursos para a realização efetiva das atividades-chave? Cada produto ou serviço tem demandas diferentes, como por exemplo infraestrutura ou recursos humanos.

Parcerias principais

Quem são os parceiros de negócios e fornecedores envolvidos no processo de vendas? Esses parceiros podem ser terceirizados e estar envolvidos no fornecimento da proposta de valor aos consumidores, agindo como um canal de vendas ou responsáveis pelo suporte ao cliente.

Estrutura de custos

Quais são os custos relevantes para que a proposta criada acima funcione? O que é mais caro e mais barato? É importante descrever os custos diretos e indiretos para evitar surpresas desagradáveis no futuro da empresa.

Diferentes aplicações do canvas

Agora que você já sabe o que é, para que serve e como estruturar o business model, chegou a hora de saber mais sobre como usá-lo. Confira abaixo algumas das diferentes aplicações do canvas:

Inovação

Uma das melhores aplicações do modelo canvas é para impulsionar a inovação e atualização de uma empresa. Uma boa forma de fazer isso é escolhendo um dos nove quadros para começar.

Suponha que na área “segmento de clientes”, uma das ideias seja incorporar mais um tipo de consumidor ao negócio. Essa alteração exige que todos os outros oito quadros sejam mudados também, o que oferece uma visão mais completa e realista sobre a tal modificação.

Decisão de investimentos

Com o business model canvas é possível entender melhor onde é mais vantajoso alocar os recursos da empresa. As oportunidade de negócio ficam mais explícitas e o quadro serve como um guia para uma geração mais eficiente de receita.

União da empresa

Por ser simples e utilizar uma linguagem acessível, todos os funcionários da empresa conseguem fazer parte do processo de criação do modelo canvas, sejam eles de marketing, tecnologia, engenharia, operações, finanças ou outras áreas. O business model oferece um meio de comunicação em comum com as mais diversas áreas, o que é muito proveitoso para o processo criativo.

Entender a competição

Você não precisa fazer um modelo de negócios canvas só para a sua empresa. Ao rascunhar o quadro dos seus concorrentes é possível obter um melhor entendimento de suas forças, limites e o que eles podem ou não fazer. Isso vai permitir que você consiga desenhar melhor o seu próprio canvas.

Leia: De incubadoras a private equity, entenda qual é o próximo passo da sua startup

Modelo de canvas do Sebrae

Criado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae), o Sebrae canvas é uma ferramenta online e gratuita que permite que você crie e valide o seu business model.

Usar o recurso é muito fácil e intuitivo e ele é acessível via cadastro no site sebraecanvas.com. Há a possibilidade de utilizar o método tanto na versão web como na versão mobile (clique aqui para baixar na App Store e aqui para baixar no Google Play).

Além de oferecer a ferramenta em si, o Sebrae também disponibiliza modelos preenchidos para quem quer se inspirar ou entender melhor os pormenores envolvidos antes de colocar a mão na massa.

Exemplo de modelo de canvas do Sebrae

Uma vez na plataforma, você pode clicar em “Novo Canvas” e o quadro aparecerá já com os nove blocos – tudo que você tem que fazer é clicar em “adicionar post-its” para começar a colocar as ideias na tela.

É possível arrastar e reorganizar as notas de forma livre, portanto não se preocupe tanto em fazer um modelo certinho. Não há limite para o número de anotações adicionadas a cada tópico, mas lembre-se que um dos intuitos do canvas é justamente ser mais enxuto que um modelo de negócios tradicional.

Depois de fazer o esboço inicial, é hora de compartilhar o seu modelo, tanto com os seus colegas de trabalho quando com o público em geral. Esta é uma das grandes vantagens do Sebrae canvas: a interação entre os usuários, em que a comunidade pode avaliar, comentar ou ver (tudo mediante sua permissão) exemplares de canvas de outros membros daquela comunidade. Pode ser muito produtivo dar uma atenção especial aos comentários nos quadros já preenchidos, já que alguns geram discussões com informações valiosas.

Outra dica: existe um modelo preenchido com post-its na aba “Mais acessados” que indica quais são as principais perguntas que devem ser respondidas em cada bloco. Vale a pena dar uma olhada para não se esquecer de nada. O Sebrae também criou um livro bastante direto sobre o business model canvas, que você pode acessar gratuitamente aqui.

Download de outros modelos de canvas

Como boa ferramenta popular, o business model canvas não existe apenas em uma forma. Já se tornou inspiração para outros tipos de modelos também, que são moldados de acordo com especificações de indústrias ou segmentos – ou mesmo preferências pessoas.

Lean Canvas

Ele foi criado especialmente para startups em estágio inicial e substitui quatro dos nove blocos originais. "Problema" entra no lugar de parcerias principais, "solução" no lugar de atividades-chave, "métricas-chave" no lugar de recursos principais e "vantagem injusta" no lugar de relacionamento com clientes. A intenção é evitar que as empresas percam tempo com questões que podem ser decididas no futuro. Faça o download do modelo lean canvas aqui.

Personal canvas

Pode parecer estranho de primeira, mas a proposta aqui é transformar um ser humano em um negócio. Ao utilizar o modelo canvas em uma pessoa, fica mais fácil visualizar suas habilidades, atividades, recursos e valores, o que é de grande valia para a vida dentro e fora do trabalho. Você pode saber mais e criar o seu personal canvas com este e-book criado pelo Sebrae.

Aplicativos mobile e web para desenvolver Canvas

Strategyzer

Essa é a ferramenta criada por Alex Osterwalder, o inventor do método canvas. Disponibiliza, além do PDF, várias informações e até cursos online sobre o modelo. Algumas aplicações são pagas e outras gratuitas.

Canvanizer

É gratuito e só pede um e-mail para se cadastrar. Oferece diversos modelos de canvas e contém uma ferramenta chamada “Canvas History” que permite que você visualize todo o progresso do seu quadro. Já o no “Brainstorm Mode” você pode rascunhar ideias sem ter que colocá-las imediatamente em algum dos nove blocos.

Lienzo

Pode ser usado tanto no computador quanto no smartphone e é capaz de converter o seu quadro canvas em apresentações, o que poupa um trabalhão na hora de mostrar o quadro para pessoas de fora. Essa ferramenta canvas estimula a interação entre usuários e possui uma versão gratuita e paga. A primeira permite a criação de apenas um canvas e a segunda, que custa $5 por mês, é ilimitada.

Business Model Fiddle

Não custa nada e possui design dividido por cores, o que ajuda a organizar as anotações. Também funciona bem tanto no computador quanto no smartphone e não possui limites para adição de post-its.

Exemplos de canvas preenchidos

Precisa de inspiração? Confira abaixo exemplos de canvas preenchidos de grandes empresas de tecnologia, organize seus post-its e comece o seu!

Leia também: