WWDC 2018: os 5 maiores anúncios da conferência mundial da Apple

Owen LaRosa
6 de jun de 2018

Em 4 de junho, o CEO da Apple Tim Cook subiu ao palco para fazer os anúncios da palestra principal da WWDC 2018, a conferência da Apple para desenvolvedores. O evento anual, que serve como prévia dos avanços tecnológicos do ecossistema da Apple como um todo, é um espetáculo tanto para desenvolvedores de software quanto para imprensa especializada.

Assista ao evento na íntegra: os primeiros minutos são uma paródia bem humorada dos documentários sobre a natureza narrados por David Attenborough

Ao longo de duas horas, a Apple revelou de tudo, do iOS mais recente a Apple TV, novos aspectos do macOS e as novas ferramentas para tornar apps (e nossas vidas) melhores. É muita coisa para absorver, já que cada lançamento traz novas características e novas oportunidades para desenvolvedores que querem se manter atentos às tendências do mercado.

Com isso em mente, selecionamos os 5 maiores anúncios do WWDC deste ano e porque eles importam para desenvolvedores.

Baixe o checklist: Habilidades de um desenvolvedor front-end

Swift

Logo no começo, Tim Cook elogiou o Swift como "a linguagem de programação que cresce mais rapidamente", celebrando especificamente os muitos estudantes que estavam presentes na conferência ao vivo ou assistindo via streaming.

Desde sua estreia, a Swift cresceu e hoje está por trás de 250 mil aplicativos, tornando-a linguagem preferida para construir apps iOS e uma ferramenta de trabalho essencial para qualquer desenvolvedor mobile.

A ênfase em ferramentas educacionais, como o sucesso do Swift Playgrounds, foi outro destaque: ela permite que novos desenvolvedores aprendam e pratiquem essa linguagem direto no iPad.

iOS 12

Conforme esperado, a WWDC começou com a nova versão do sistema operacional iOS. Com as melhorias de performance, reporta-se que apps podem ser abertos duas vezes mais rápido e o sistema agora ajuda a otimizar tarefas que exigem muita performance (como scroll views). Com uma taxa de adoção de 90%, desenvolvedores terão acesso às novas ferramentas sem ter problemas de compatibilidade com usuários já existentes.

ARKit 2

A Apple revelou a mais nova iteração de sua tecnologia de realidade aumentada, a ARKit. A ARKit 2 vem com novas capacidades de medida para detectar objetos com maior precisão, assim como com novas maneiras para usuários que querem compartilhar experiências ARKit em seus aplicativos. Com apoio adicional para múltiplos usuários, o iOS 12 vai ajudar desenvolvedores a construir jogos multiplayer e experiências de realidade aumentada com ARKit.

Siri

Com o SiriKit, desenvolvedores já conseguiam integrar o conteúdo de seus apps com a assistente de voz da Apple. Agora, novas APIs vão permitir que seus apps ofereçam aos usuários a habilidade de criar atalhos de voz sob medida. Isso não é bom apenas para a produtividade dos usuários, mas também oferece aos desenvolvedores uma nova oportunidade de alcançar e engajar usuários sem que precisem abrir o aplicativo em si.

iOS para Mac

No fim da apresentação, a Apple ofereceu uma prévia do que muitos especulam que seja uma fusão de iOS e macOS. Isso não vai acontecer imeditamente, mas de fato vimos um pouco do plano de longo prazo para trazer o iOS aos Macs. Mais informações devem chegar em 2019, mas a habilidade de portar aplicativos entre plataformas promete tornar mais fácil a vida de desenvolvedores que querem oferecer experiências cruzadas entre estes aparelhos.

Leia: Android x iOS: entenda as principais diferenças em programação e desenvolvimento

O que tudo isso significa para você?

Seja através do novo apoio para realidade aumentada ou eventualmente aplicativos que oferecem experiências cruzadas, os updates contínuos da Apple mostram, mais uma vez, que há avanços estimulantes no cenário de desenvolvimento mobile.

E a indústria já está reagindo. A pesquisa de 2018 do Stack Overflow com desenvolvedores diz que a Swift é a sexta linguagem mais amada por desenvolvedores.

Também não é preciso ter vasta experiência para se destacar no mercado. De acordo com a pesquisa da Paysa, um terço dos desenvolvedores tem entre zero e 2 anos de experiência, e muitas empresas estão olhando além dos tradicionais diplomas de faculdade quando buscam seus talentos.

Com todos esses novos lançamentos, não só há muita coisa para aprender como a noção de que, ao dominar essas habilidades, você estará no caminho certo para ter uma carreira como desenvolvedor iOS.

Como sempre, a Udacity está trabalhando para atualizar seu conteúdo e criar novos cursos para ajudar você a estar sempre a par das tecnologias mais recentes. Como uma prévia do que está por vir, lançamos recentemente um novo curso gratuito sobre padrões de desenvolvimento móvel, que abrange todas as práticas recomendadas mais recentes para escrever códigos de alta qualidade e produzir aplicativos móveis bem estruturados.

Embora todos os recursos anunciados no discurso principal sejam disponibilizados aos usuários apenas no segundo semestre, versões de teste para os desenvolvedores já estão disponíveis. Se você está buscando dominar os tópicos mais interessantes da atualidade, agora é a hora perfeita para você entrar no desenvolvimento iOS.

O programa Nanodegree Desenvolvedor iOS é projetado para desenvolvedores e não desenvolvedores de todos os níveis. Você aprenderá mais sobre a linguagem Swift e, por fim, criará seu primeiro aplicativo.

Leia também: